terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Uso de Fluoxetina e Sibutramina para fins estéticos: é ou não uma boa alternativa?


Olá, pessoal! É o Diogo quem escreve.

Estamos nos aproximando da reta final do blog de BioBio! E estamos muito felizes com as visitas e comentários que recebemos. :) 

Estamos muito próximos da linha de chegada!

Hoje, gostaria de escrever sobre um tema bastante recorrente em nosso dia-a-dia e que está relacionado às drogas que afetam a atividade dos neurotransmissores: a perda de peso e o uso de duas drogas, a fluoxetina e a sibutramina, como alternativas para emagrecimento.

Frente à pressão exercida pelos valores estéticos atuais, estar contente diante do espelho é uma tarefa um tanto árdua. Indivíduos que se encontram acima do peso, por exemplo, lutam diariamente para perder os quilinhos a mais e estar em forma.

Para isso, buscam por soluções simples e muitas vezes sem a orientação de um profissional de saúde. Com isso, aumentam as chances de insucesso do tratamento.

O uso inadequado de medicamentos está entre as opções de muitos. É enorme a lista de fármacos utilizados, bem como são vários os riscos desse uso indiscriminado. Dentre os medicamentos comumente utilizados, a fluoxetina e a sibutramina possuem grande destaque. Mas, como elas atuam e por que são utilizadas? Como elas estão relacionadas com a bioquímica?


Esses fármacos pertencem à classe de medicamentos inibidores seletivos da recaptação de serotonina. Ou seja, ao atuarem, inibem a proteína que se localiza no neurônio pré-sináptico e, com isso, diminuem a sua capacidade de retornar as moléculas de serotonina da fenda sináptica para o neurônio pré-sináptico. Assim, elevam as concentrações de serotonina em fendas sinápticas do sistema nervoso central. Através da modificação na quantidade de neurotransmissores, esses fármacos apresentam o efeito colateral de interesse para aqueles que buscam a perda de peso: a inibição do apetite

Observe, na figura acima, a presença de proteínas recaptadoras de serotonina na membrana de neurônios pré-sinápticos. A inibição dessas proteínas resulta em maior quantidade de serotonina na fenda sináptica.


A associação de fluoxetina e sibutramina resulta em maior inibição do apetite. Em alguns casos, a administração de um dos medicamentos ou dos dois em conjunto é SIM necessária. No entanto, por possuírem a mesma forma de atuação no organismo, esses medicamentos, quando associados, podem exacerbar seus efeitos nocivos, como taquicardias (palpitação), aumento de pressão arterial, sudorese, boca seca, infartos e derrames.
A taquicardia (ou palpitação) é um dos efeitos colaterais que podem surgir com a administração de fluoxetina ou sibutramina. Isso porque a serotonina é um neurotransmissor excitatório capaz de aumentar a frequência cardíaca.

           O excesso de serotonina no organismo também é capaz de desencadear a Síndrome Serotoninérgica, um quadro clínico que pode acontecer em indivíduos de qualquer idade. Ele inclui delírios, ansiedade, diarréia, vômitos, tremores e rigidez muscular, por exemplo, podendo levar o indivíduo ao óbito. Portanto, indivíduos que utilizam a fluoxetina e a sibutramina em conjunto precisam receber acompanhamento contínuo de sua equipe de saúde.

Procure sempre a orientação de profissionais da área da saúde!

            Segundo a base de dados UpToDate, existem diversos tratamentos para a obesidade, como a dieta, a prática orientada e regular de exercícios físicos, o uso adequado de medicamentos e programas de mudança de comportamentos, por exemplo.

            Visitem o blog sobre obesidade! Ele é escrito por alunos do curso de Nutrição e que também fazem a disciplina de BioBio conosco. Acesse:  http://bioqumicadaobesidade.blogspot.com/


            Até a próxima!
            Diogo Med92


            Referências bibliográficas:
- UPTODATE. Overview of therapy for obesity in adults. Disponível em: www.uptodate.com Acesso em 24 jan 2011.
- UPTODATE. Serotonin syndrome. Disponível em: www.uptodate.com Acesso em 24 jan 2011.
- KATZUNG, B. G; Farmacologia Básica e Clínica. 10ª ed. São Paulo: editora McGrall Hill, 2007.  
- INSTITUTO MINEIRO DE ENDOCRINOLOGIA. O que a sibutramina? Disponível em: http://www.endocrinologia.com.br/html/sibutramina.htm Acesso em: 24 jan 2011.

6 comentários:

  1. posso tomar sibutramina + sertralina e rivotril.
    Ja faço tratamento com rivotril e sertralina e agora estou pensando em tomar a sibutramina pois estou com 120 kg. tenho 1,76 de altura e sempre pesei entre 100 e 110 kg, tenho 38 anos, desde os 18 anos ja estou acima do peso.
    Nao pratico esportes, nao consigo, nao tenho motivação e canso facil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, eu tomo sertralina há alguns anos e de vez em quando rivotril. Só como emergência. Às vezes o rivotril até vence o prazo de validade. Estou tomando sibutramina há duas semanas e estou sentindo-me bem. Juntamente com a dieta estou perdendo peso. Mas, depende do organismo de cada um. Além disso fiz uma série de exames e passei pelo endocrinologista. Procure um médico responsável e ele irá te ajudar. Boa sorte.

      Excluir
  2. Vendo sibutramina e fluoxetina biomag 10 e 15 mg valor 100.00 reais frete incluso,fluoxetina 20mg valor 100,00 reais frete gratis comprando os dois valor total 150,00 já com frete sibuoriginal2010@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero comprar sibutramina URGENTE, tb tenho interesse em fazer associação com fluoxetina, mas vai depender do orçamento.

      Por segurança, prefiro algum vendedor(a) que seja da cidade de São Paulo. Pago em dinheiro no ato da entrega, através de motoboy (tb posso pagar os custos desse).

      Já estou tomando Biomag com receita médica, mas estou indo viajar pra fora por um tempo e preciso levar um estoquezinho.

      Quero comprar uma caixa de início, pra saber se o produto presta. Se for bom, comprarei várias depois.

      Estou fazendo orçamentos pra ver com quem vale mais a pena comprar. Meu email é isadoralima_@hotmail.com .

      Excluir
  3. Sera que se tomar o sibutramina pela manha e de noite tomar o fluoxetina com intervalo de 12 horas sera que vai ter muita reaçao.

    ResponderExcluir